• Cnutrir

Como reaquecer de forma segura as sobras dos alimentos

Em primeiro lugar é necessário saber que um reaquecimento inadequado de sobras pode ocasionar intoxicações ou infeções alimentares.

A intoxicação ou a infeção é geralmente causada por bactérias que contaminam a comida e que infelizmente encontram-se nas bancadas, nos utensílios,nas embalagens e nas mãos principalmente.

A chave para eliminar bactérias é usar o calor de forma correta. Por isso, reaquecer bem as sobras (sem deixar partes frias) é fundamental.


Que alimentos devem ser reaquecidos com segurança?

· Todos os alimentos (sobras) que tenham sido cozidos, ou preparados por outros meios de calor, desde de que se tenha observado as boas práticas na sua manipulação, conservação e descongelamento.


De que forma os alimentos devem ser reaquecidos?

· Antes, é necessário guardar as sobras de forma correta e para tal, devem ser colocados em recipientes limpos e com tampa. Deve-se aguardar que o conteúdo atinja a temperatura ambiente (não deixe mais de duas horas sem refrigeração) e só então coloque no refrigerador. Ao reaquecer as sobras para o consumo, deve assegurar que a temperatura do alimento no seu todo atinja os 74º C.

· No processo de reaquecimento podem ser usados o micro-ondas, o forno, meios de banho-maria, etc. Nos casos em que se usa o micro-ondas o conteúdo deve ser mexido frequentemente, garantindo o aquecimento de todas as partes.

· Sempre que considerar que não irá consumir as sobras com a devida brevidade, poderá ponderar a possibilidade de proceder ao seu congelamento.

· Ao reaproveitar as sobras, para a confecção de pratos diferentes, deverá ter e atenção que o novo prato está sujeito a uma deterioração mais rápida, sendo aconselhável consumi-lo completamente numa única refeição, sem posterior aproveitamento.


Quantas vezes o alimento pode ser reaquecido?

· Recomenda-se que se reaqueça os alimentos (sobras) apenas uma vez. Por esta razão, a conservação (refrigeração ou congelamento) das sobras deve ser feita através da distribuição do alimento em diferentes recipientes e em quantidades equivalentes a uma refeição, permitindo assim o reaquecimento apenas da quantidade a utilizar.


Quer saber mais? Temos vários cursos sobre Manipulação de Alimentos - entre em contato pelo telefone 98166-0153 - Cíntia Baptistella - nutricionista e proprietária da Cnutrir.



92 visualizações