Alimentos Funcionais

Alimentos funcionais: o que são e como utilizá-los de forma prática em sua dieta Fonte: Hospital Sírio-Libanês Publicado em 29/05/2014 ​​​Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o alimento ou ingrediente que alega propriedades funcionais, além de atuar em funções nutricionais básicas, irá desencadear efeitos benéficos à saúde e deverá ser também seguro para o consumo sem supervisão médica/nutricional. As propriedades relacionadas à saúde dos alimentos funcionais podem ser provenientes de constituintes normais desses alimentos como no caso das fibras e dos antioxidantes (vitamina E, C, betacaroteno) presentes em frutas, verduras, legumes e cereais integrais ou através da adição de ingredientes que modifiquem suas propriedades originais exemplificada por vários produtos industrializados, tais como: leite fermentado, biscoitos vitaminados, cereais matinais ricos em fibras, leites enriquecidos com minerais ou ácido graxo ômega 3. Vários componentes dos alimentos possuem propriedades benéficas para seu organismo. O consumo periódico destes compostos em sua alimentação auxilia na prevenção de doenças e na melhora do bem estar físico.


Dicas para se beneficiar das propriedades funcionais de uma forma mais prática:

  • Azeite de oliva extravirgem (acidez < 1%): utilize diariamente uma colher de sopa sobre a salada no almoço e no jantar.

  • Linhaça, aveia e gérmen de trigo: utilize uma colher de sopa pela manhã e/ou à tarde sobre uma fruta ou iogurte.

  • Chá verde: utilize pelo menos três xícaras (200 mL) ao dia. Evite utilizar à noite.

  • Frutas: coma frutas pelo menos três vezes por dia e procure utilizar frutas de coloração variada (ex. maçã, mamão e ameixa). Frutas secas também são uma boa opção.

  • Alimentos integrais: se houver opção, sempre escolha massas, panificações e cereais integrais.

  • Soja: caso tolere bem este alimento, procure utilizá-lo como alternativa alimentar. Existem leites, iogurtes, queijos e preparações muito saborosas. Experimente!

  • Legumes: assim como as frutas, coma pelo menos três vezes por dia. Prefira variar o máximo possível sua coloração.

  • Castanhas e nozes: apesar de bem calóricas, são muito saudáveis. Coma quatro a cinco unidades, uma vez ao dia como opção.

  • Leites fermentados e probióticos: caso tolere bem, procure consumir diariamente iogurtes e leites que contenham lactobacilos. Estes auxiliam na regulação intestinal e contribuem para o bom funcionamento orgânico.

  • Peixes: caso tolere bem, procure consumir pelo menos duas vezes por semana, dando preferência às preparações grelhadas.



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo